Papai Noel deve gostar de luzes- Contos de Natal

Papai Noel deve gostar de luzes- Contos de Natal

Contos de Natal

Papai Noel deve gostar de luzes é a primeira história da série Contos de Natal do Blog OsFraldinhas. Ela realmente aconteceu, e narra a felicidade de uma menina do interior quando chega a noite de enfeitar a casa para o Natal. É um lindo conto para as crianças de todas as idades…

Papai Noel deve gostar de luzes

Papai Noel deve gostar de luzes

Nem acreditei quando minha mãe anunciou: eles estão chegando, e estão trazendo ela! Há dias eu esperava por essa noite, e o lugar dela na sala já está reservado. A noite está quente, já é quase verão… adoro ficar com a casa toda aberta, sentir o cheiro da grama, o som dos grilos, e de vez em quando até uma coruja dá um pio de cima do poste de luz.

Eles estão chegando, já vejo os faróis do carro lá no portão de entrada. Ouço o ronco do Opala do meu pai de longe, vem atravessando o potreiro e estaciona no pátio da casa. Da sacada observo feliz meu pai e meu irmão tirando ela do porta-malas: a árvore de natal. Finalmente ela chegou.

Eles trazem o pinheiro para dentro de casa, colocam na lata de cola que já estava cheia de terra esperando a árvore. E agora ela está aqui, linda, grande, sua ponta quase encosta no teto… a estrela vai ser difícil de colocar, mas com certeza meu pai me pega no colo e juntos colocamos.

Mamãe já foi pegar em cima do armário a caixa de natal. Como eu amo quando ela pega essa caixa! Tantas bolinhas coloridas, cheias de brilho, tantos enfeites, pisca-pisca. E esse ano mamãe comprou algumas bolinhas novas, com desenhos do Papai Noel nelas. É minha tarefa, junto com a mãe, enfeitarmos a árvore, e papai e o mano estão lá fora colocando os pisca-piscas nas árvores do nosso pátio. Mamãe me alcança as bolinhas e vou pendurando, com a ajuda dela quando fica muito alto. De vez em quando me assusto quando encosto nos espinhos do pinheiro, mas sempre rimos muito quando isso acontece…. e mamãe vive dizendo pra eu colocar devagar, pra ter cuidado, senão vou acabar me machucando.

Para finalizar, mamãe coloca os fios dourados ao redor da árvore, a barba-de-pau na lata para esconder a terra. E eu coloco a estrela na ponta, como último toque. Nossa casa agora está pronta para receber o Natal.

Com toda a família na sala olhando os enfeites, fico pensando quanto tempo vai demorar até que o Natal chegue. Tomara que demore um pouco, quero ficar com a casa tão bonita muitos dias.

Mamãe diz que temos que enfeitar bem a casa para que o Papai Noel venha. Acho que ele gosta de muitas luzes… Às vezes tenho um pouco de medo dele, porque o papai diz que se eu me comportar, ele traz presente, e se eu não me comportar, ele dá uma varada na minha bunda. Eu sei que me comportei o ano todo, mas e se o Papai Noel não me conhecer direito?

E aqui aconchegada no colo da mamãe, esses pensamentos vão ficando cada vez mais distantes…

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *